Blog

Posicionamento de marca: como o marketing de conteúdo pode alavancar o seu negócio

Posicionamento de marca

Das razões pelas quais escolhemos um determinado produto, serviço ou empresa, o posicionamento de marca talvez seja a com maior peso no momento de decisão. Isso porque muitas vezes nem notamos, mas  somos influenciados diariamente pelo que vemos ou ouvimos sobre as empresas.

Assim, é importante que você saiba como melhorar esse posicionamento. E para isso, trouxemos uma das estratégias que podem ser utilizadas para chegar nesse objetivo: o marketing de conteúdo. Leia!

O que é posicionamento de marca

O posicionamento de marca é a forma pela qual a sua empresa é vista pelos consumidores. Este fator influencia diretamente no momento de decisão de compra do cliente. Por isso, também pode ser conhecido como posicionamento de mercado.

Este recurso é válido tanto para empresas e marcas quanto para produtos e pessoas. Segundo o livro Posicionamento: A Batalha por sua mente (M. Books, 2009), essa busca por um bom posicionamento de marca é uma verdadeira “batalha” dentro da mente do consumidor.

Branding: o que é?

O branding é uma estratégia de gestão de marca, necessária para alcançar um bom posicionamento de mercado. Em resumo, é um conjunto de ações, que visam trabalhar combinadamente a imagem e identidade de uma empresa, produto ou pessoa.

Identidade: pode ser criada e alterada pela organização. Geralmente, é estabelecida em visão, missão e valores;

Imagem: é criada a partir da visão que os consumidores têm da sua marca. Pode ser modificada, conforme a experiência do seu público com a sua marca, com concorrentes e outros fatores. Portanto, controlá-la não é uma tarefa tão fácil.

Marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo, como o próprio nome já sugere, é a estratégia de criação de conteúdos para a atrair a atenção do consumidor para a sua marca. Além disso – se bem utilizada – é capaz de torná-lo “autoridade” em seu nicho.

Sabe aquela pessoa que você consulta quando tem uma dúvida ou problema específico e que ela sempre tem uma solução? Bom, esta é a melhor definição de autoridade – alguém que você confia, pois resolve os seus problemas.

E para alcançar um bom posicionamento de marca, é necessário que os consumidores te vejam desta maneira. Pois a empresa que tem destaque não vende produtos ou serviços, vende soluções para determinados problemas.

Através do marketing de conteúdo, é possível “educar” o seu provável cliente, para que a compra seja feita de forma natural, sem aquela venda direta e forçada. Aliás, essa é uma das vantagens em se aplicar essa estratégia, pois gera confiança e respeito do cliente à sua marca.

Outra vantagem é que o cliente pode achar sua empresa em qualquer etapa do funil de vendas, que são:

Topo de funil: é onde o consumidor ainda não tem consciência de uma necessidade ou problema que ele tem;

Meio de funil: nesta etapa, ele já reconhece o problema e está atrás de uma solução;

Fundo de funil: aqui, o consumidor está pronto para efetuar a compra e você já pode oferecer seu produto ou serviço, pois ele já reconheceu que tem um problema e sabe do que precisa. Só o que resta, é você dizer pra ele que tem essa solução;

Este é um modelo estratégico de consumo e faz parte do Inbound Marketing – estratégia que está inserida dentro do marketing de conteúdo. Assim, não há como falar de um sem ao menos citar o outro.

Leia também:

E por que o posicionamento de marca é tão importante?

Para que você entenda melhor sobre a importância do marketing de conteúdo para alcançar um bom posicionamento de marca, vamos à prática.

Faça uma pesquisa no google agora. Digite uma dúvida que os clientes podem ter sobre o seu produto ou serviço. 

Exemplo:

Pesquisa google
Foto: Reprodução (Google)

Essa pergunta que fizemos para o buscador é uma dúvida classificada como topo de funil, já que o usuário não entende muito sobre o assunto ainda. Assim pode ser uma grande oportunidade de uma clínica de estética ou cirurgião, por exemplo, mostrar a sua expertise no assunto.

… voltando para a sua pesquisa. 

Quais foram os resultados? Encontrou conteúdos relevantes na pesquisa que você fez?

 Já pensou se o texto da sua empresa aparecesse ali? Talvez você seria visto como uma autoridade no assunto e uma solução para o problema do possível cliente.

Assim, após solucionar uma dúvida do usuário, você poderia direcioná-lo para a etapa seguinte do funil. E assim, ele ia percorrer o caminho natural, até efetuar a compra.

Apesar de darmos o exemplo de busca no google, o blog post é apenas uma das maneiras de oferecer conteúdos que eduquem o cliente para o consumo de seus produtos ou serviços. Assim, é possível produzir também: e-books, infográficos, e-mails, vídeos e outros. 

Exemplos de posicionamento de marca com marketing de conteúdo

Sabemos que, quando falamos de posicionamento de marca, o marketing de conteúdo é uma estratégia imprescindível e é válido para todos os nichos do mercado. Por isso, vamos ver alguns exemplos de marcas que sabem aproveitar muito bem deste recurso.

Redbull

Você com certeza já ouviu falar desta empresa, que é conhecida à nível internacional, graças às suas estratégias de branding. E só de olhar a página principal do seu site, já podemos notar o quanto eles reconhecem o poder do marketing de conteúdo.

Afinal, quem ia querer visitar o site da RedBull se só tivesse imagens de produtos?

Provavelmente, foi essa a pergunta que eles fizeram. E conhecendo o público, viram como seria vantajoso criar conteúdos – em forma de artigos e notícias – para atrair a atenção dos consumidores.

Magazine Luiza

Blog da Lu/Interface (Imagem 1)

No site da Magazine Luiza, há uma seção chamada “Portal da Lu”, que é representada pelo avatar da empresa. É uma página onde contém vários conteúdos elaborados pela marca e que buscam tirar dúvidas do usuário e de uma certa forma, educá-los.

Blog da Lu/Interface
Blog da Lu/Interface (Imagem 2)

Na imagem 2 é possível ver alguns vídeos explicativos e informativos, que geram interesse ao usuário. Além disso, ao lado direito há também infográficos, que é um dos materiais que podem ser produzidos no marketing de conteúdo.

Todos esses recursos são estudados e elaborados de acordo com o público e personas da empresa. Portanto, tudo que se vê, realmente colabora de alguma forma para a venda.

Viu como o marketing de conteúdo pode ser bastante vantajoso para trabalhar o posicionamento de marca da sua empresa? Agora, acreditamos que você também deva saber sobre: Comunicação integrada de marketing: por que contratar uma agência 360?

Escreva um comentário